E-commerce

Plataforma de marketplace: o que é, tipos e como escolher

Quem vende produtos pela internet está sempre em busca de melhorar os resultados, pois muitas vezes, ficar restrito a um único site po...

Foto autor Attri

Attri

03 janeiro 2023
Imagem de destaque Plataforma de marketplace: o que é, tipos e como escolher

Índice

    Quem vende produtos pela internet está sempre em busca de melhorar os resultados, pois muitas vezes, ficar restrito a um único site pode dificultar a escalabilidade. Por isso, a plataforma de marketplace tem sido a melhor alternativa para ampliar a visibilidade dos produtos vendidos e alcançar mais clientes. 

    Como modelo de negócio, criar ou contratar uma plataforma personalizada permite realizar as vendas dos próprios produtos e ainda abrir para que outros empreendedores façam parte do seu marketplace. Desta forma, você fatura como lojista e também pode receber uma porcentagem dos produtos vendidos por outros empreendedores. 

    Ficou interessado em saber mais? Confira a seguir o que é uma plataforma de marketplace e suas principais vantagens.   

    plataforma de marketplace

    O que é a plataforma de marketplace?

    Plataformas de marketplace são espaços virtuais que conectam empreendedores e clientes em potencial. Elas funcionam como se fossem um shopping virtual, com ofertas mais diversificadas de produtos, reunindo lojistas que podem estar em qualquer região do país. 

    As principais plataformas de marketplace fazem sucesso por oferecer aos clientes uma variedade de produtos e serviços, onde eles podem pesquisar, ler avaliações de pessoas que adquiriram o produto e comparar os preços. 

    Os marketplaces podem ser vistos como a evolução das vendas na internet, tanto que existem atualmente diversos tipos de plataformas e com diferentes enfoques. Os mais tradicionais são aqueles que atuam apenas com vendas de produtos, mas há também plataformas de marketplace exclusivas para agendamentos de serviços, além das B2B (business to business), que é o comércio realizado entre empresas. 

    Qual é a diferença entre marketplace e e-commerce?  

    Se passou pela sua cabeça a dúvida entre as diferenças entre marketplace e e-commerce, pode ter certeza que você não é o único usuário a se perguntar. Muitas pessoas pensam se tratar da mesma coisa, porém, embora tenham layouts semelhantes, são modelos de negócios diferentes. 

    No caso do e-commerce, ele se refere ao endereço de um único lojista, que tem a sua loja própria, como se tivesse um espaço físico com seu logo, endereço e identidade visual própria. O cliente entra nesse local e tem acesso somente aos produtos desse empreendedor. 

    Já no marketplace, é como se o cliente entrasse em um shopping, onde há uma variedade de lojistas com diversos produtos para ele escolher. Portanto, uma plataforma de marketplace funciona como um shopping virtual e o e-commerce como uma loja online

    Dados relevantes sobre marketplace 

    Dados dos últimos anos mostram o quanto investir em uma plataforma de marketplace pode ser um negócio rentável e de sucesso. De acordo com a Webshoppers – Ebit|Nielsen, os marketplaces representam cerca de 78% das vendas online no país, sendo que somente em 2020, o setor apresentou um faturamento de R$ 81 bilhões. Ainda em 2020, mais de 64 milhões de transações foram realizadas, apresentando um um ticket médio de R$ 466,00.

    Dentro das plataformas de marketplace, dados do portal E-commerce Brasil apontam que o volume de vendas subiu 52% de 2020 para 2021. É fato que por conta da pandemia, o comportamento dos usuários contribuiu para o crescimento e diminuiu o receio que muitos consumidores tinham de realizar compras online.  

    É melhor empreender com loja virtual ou marketplace? 

    Caso o seu interesse seja começar a empreender na internet e você esteja na fase de pesquisas para tomar a melhor decisão, saiba que há uma grande diferença entre iniciar uma plataforma de e-commerce ou um marketplace. 

    Quem já tem uma loja física, por exemplo, e quer ampliar as operações através da internet, a criação da loja online é a melhor opção, pois vai concentrar os esforços em seus próprios produtos, gerenciamento da loja, atendimento personalizado aos clientes e entregas.

    Agora, se você não tem um estoque de produtos para vender e quer apenas iniciar um projeto online, optar pela plataforma de marketplace como modelo de negócio pode ser a melhor opção. 

    É que ao desenvolver um marketplace, você pode atuar apenas como um gestor do negócio, sendo que o seu desafio principal será realizar as melhores estratégias de   marketing digital para tornar o seu marketplace atrativo para lojistas e clientes

    A vantagem de optar por ser proprietário de marketplace é que você não precisa se preocupar com as tarefas cotidianas e todo o processo de logística que envolve um comércio. O atendimento ao cliente, produção, controle de estoque, precificação e entrega serão de responsabilidade dos lojistas.

    Como você pode notar, fazer a gestão de uma loja virtual envolve uma rotina bastante criteriosa, onde a atenção aos detalhes é primordial para oferecer aos clientes um atendimento eficiente e que seja capaz de fidelizá-los. 

    Agora, criar um marketplace pode ser um ótimo nicho de mercado para quem já tem conhecimento em estratégias de marketing digital, bom domínio de redes sociais e não tem como prioridade vender seus próprios produtos

    Qual a melhor plataforma para criar um marketplace?

    Com o crescimento do comércio eletrônico, o mercado passou a disponibilizar marketplaces prontos para quem quer começar rápido. Há uma variedade de plataformas com layouts predefinidos, jornadas de compra, integração de pagamentos, redes sociais, entre outras configurações.

    Embora seja uma alternativa simples e rápida, você acaba ficando limitado ao que a plataforma oferece. Por isso, desenvolver a sua plataforma marketplace do zero acaba sendo mais vantajoso, principalmente se você avaliar os benefícios a longo prazo. 

    Os clientes aqui da Attri contam com duas plataformas que podem ser customizadas de acordo com as necessidades dos seus negócios. Seja para criar uma loja virtual ou marketplace, utilizamos a VTEX e a nossa própria plataforma, a Attri E-commerce. 

    Conhecida como uma das plataformas número 1 do mercado, utilizada pelas gigantes do comércio eletrônico, a VTEX reúne todas as funcionalidades e ferramentas necessárias de gerenciamento. Ela é utilizada por marcas como Coca-Cola, McDonald’s, Ambev, Walmart,

    Nokia, entre outras. 

    A Attri E-commerce é outra opção muito vantajosa para colocar a sua ideia no ar, pois é possível customizar de acordo com as demandas diárias do seu marketplace, livre de taxas e limitação de uso. Além de interface personalizada, oferece integração com outros sistemas e redes sociais. 

    Plataformas de marketplace famosas


    • Shoppe
    • AliExpress
    • Mercado Livre
    • Magazine Luiza
    • OLX
    • Amazon
    • Americanas
    • Enjoei
    • Elo7
    • Walmart
    • Submarino
    • Shoptime
    • Uber
    • Airbnb

    Tipos de marketplace 

    Existem vários tipos de marketplace. Contudo, três deles são os mais comuns no mercado: B2C, B2B e C2C. Vamos ver a diferença entre eles: 

    B2C: esse é o modelo de marketplace mais comum, Business to Consumer, onde as empresas vendem com foco nos consumidores finais. Empresas como Magazine Luiza, Amazon e Americanas são exemplos de marketplace B2C.

    B2B: tipo de marketplace Business to Business, onde as negociações e vendas de produtos são realizadas de empresa para empresa. O Alibaba e o Elo7 são um dos exemplos que atuam nesse modelo. Embora, é importante salientar, que algumas empresas, até mesmo por conta do potencial de crescimento do comércio eletrônico, passaram a atuar tanto no modelo B2C quanto no B2B. 

    O B2B tem como principal atrativo a oportunidade de atuar com ticket médio alto, pois empresas costumam adquirir produtos em maior escala e contam com um valor de investimento mais alto do que o consumidor final. 

    C2C: modelo feito para as transações acontecerem entre consumidores. É mais indicada para a venda de produtos usados, como é o caso do Enjoei, OLX e Mercado Livre. Modelos de negócios pautados pela economia sustentável e criativa são excelentes para terem seus projetos em plataformas de marketplace C2C.  

    Dicas para tirar o seu projeto de marketplace do papel

    Se a sua ideia é começar o ano de 2023 empreendendo, preparamos algumas dicas que irão ajudar nessa etapa inicial de planejamento do seu marketplace:

    Defina o nicho

    Ao planejar um novo negócio, uma das primeiras decisões é definir em qual nicho você gostaria de investir. Como mostramos anteriormente, há três tipos principais de marketplace e a partir deles fica mais fácil escolher em qual nicho atuar. 

    Por exemplo, se optar pelo modelo C2C, você pode montar um marketplace de nicho focado na venda de sapatos usados, estilo Enjoei. Uma dica para definir o nicho é pensar no que gosta, lembrando ainda que você também pode montar um marketplace de serviços. 

    Pense em qual problema gostaria de resolver 

    Tanto em empresas físicas quanto em negócios online, o principal objetivo é resolver as dores dos clientes. O empreendedor deve pensar no problema que o seu negócio pretende resolver, pois dessa forma terá muito mais chances de fazer o empreendimento dar certo. Comece fazendo uma pesquisa de mercado, avalie possíveis concorrentes e encontre áreas de maior potencial para o seu marketplace.   

    Escolha uma empresa de desenvolvimento 

    Você pode colocar a sua ideia no ar com o apoio especializado de uma empresa de desenvolvimento. Por mais que existam plataformas de marketplace prontas, somente uma software house (empresa especializada no desenvolvimento de software e soluções digitais) poderá realizar todas as otimizações e integrações necessárias para que você tenha um marketplace de sucesso. 

    Além de personalizar o seu shopping online de acordo com o que você precisa, algumas empresas de desenvolvimento atuam com squads ágeis para apoiar o cliente em outras frentes como gestão de redes sociais e criação de conteúdo para SEO, e tudo isso colabora e faz diferença para vender online e ter resultados efetivos. 

    Valide a ideia com um MVP

    Caso você já tenha definido que quer montar uma plataforma de marketplace, mas ainda está inseguro para dar o passo inicial, uma boa alternativa é validar a sua ideia com a criação de um MVP (Mínimo Produto Viável). O MVP é a versão enxuta de uma solução, desenvolvida com o objetivo de testar seu funcionamento perante o mercado e os clientes. 

    A partir do MVP, é possível receber feedbacks muito valiosos sobre o seu produto, seja ele um e-commerce, marketplace, site, aplicativo ou software, e saber se a ideia tem potencial para crescer e trazer os resultados esperados. E o mais interessante do MVP é a possibilidade de lançar a solução com custos e prazos menores. 

    Tenha uma estratégia de marketing digital 

    Assim que a sua plataforma de marketplace for lançada, você deverá ter uma estratégia de marketing digital, pois é através dessas ações iniciais que o seu negócio poderá se destacar. 

    É impossível vender na internet e atrair lojistas e clientes para um marketplace sem uma estratégia de marketing bem definida. Lembre-se que o grande objetivo de uma marketplace é trazer empreendedores para criar uma loja virtual dentro da plataforma e ela precisa ser atrativa, conectando lojistas e clientes em potencial.

    Ao que se atentar na hora de escolher a melhor plataforma de marketplace? 

    Ao buscar uma plataforma para marketplace, você vai se deparar com diversas opções, inclusive plataformas de marketplaces prontos. Contudo, há alguns pontos importantes que você deve considerar para fazer uma escolha mais assertiva. Listamos alguns para te ajudar: 

    Experiência do usuário 

    O sucesso do seu marketplace está na relação que lojistas e clientes terão com a plataforma. Por isso, escolha uma que tenha como prioridade oferecer uma experiência agradável, com layout intuitivo, navegação fácil, carregamento rápido e com integrações necessárias para os lojistas desenvolverem a operação de forma adequada, com tudo o que eles precisam.   

    Split de pagamento

    Automatizar processos e tornar a rotina mais fácil é outro ponto fundamental na hora de empreender na internet. Você já se perguntou como funciona a divisão dos recebíveis quando há várias pessoas envolvidas em uma transação financeira? 

    Esse trâmite é feito com o Split de Pagamento, um serviço essencial em aplicativos de delivery, franquias e marketplace. Ele distribui os pagamentos e é uma grande ajuda na gestão financeira do seu negócio, otimizando tempo e proporcionando assertividade no processo. 

    Afinal, já pensou calcular manualmente os dividendos de todos os produtos vendidos em um marketplace em um dia? Imagine mensalmente? Por isso, escolha uma plataforma de marketplace que já venha com essa funcionalidade. Com o Split de Pagamento, você garante toda a parte das comissões de um jeito rápido, seguro e correto.   

    Checkout transparente  

    Vamos imaginar a seguinte situação: você fecharia uma compra se notasse algo não muito claro, passando uma sensação de que a compra parece estranha e insegura? Certamente não, correto? 

    Então é a partir dessa lógica que você deve priorizar plataformas de marketplace que ofereçam um checkout transparente, com uma jornada simples, segura e que leve o cliente à finalização da compra sem transmitir qualquer inconsistência.    

    Conte com a Attri para criar sua plataforma de marketplace

    Deu pra notar que investir em uma plataforma de marketplace pode ser um excelente negócio para começar a empreender? Saiba que você não precisa começar sozinho do zero, a Attri tem a expertise e os profissionais certos para ajudar você a desenvolver a sua plataforma de marketplace. Converse com nossos especialistas.



    Foto Pedro Hermano

    Quem escreveu este conteúdo:

    Pedro Hermano

    A inquietação do Pedro está no DNA da Attri, assim como a sua vontade de compartilhar conhecimento. É autor do livro Marketing Digital Imobiliário, no qual compartilha seus mais de 10 anos de experiência na área, além de ter vencido o Prêmio Profissional Digital Abradi 2018. Atualmente, se dedica a desvendar o universo da usabilidade e da paternidade com a ajuda da sua filha Teresa.

    Inscreva-se no blog da Attri

    Receba em seu e-mail artigos sobre tecnologia e usabilidade com foco em transformação digital, e fique por dentro de tudo o que acontece no mercado!

    VAMOS DESENVOLVER O SEU PROJETO?

    Conte um pouco mais sobre o seu projeto para que possamos encontrar a melhor solução e agendarmos uma conversa mais aprofundada.

    Empresas que confiam em nós:

    Certificações

    Empresa<br /> <strong>Carbono Zero</strong>

    Empresa
    Carbono Zero

    Empresa <strong>Great </strong><br /> <strong>Place To Work 2022</strong>

    Empresa Great
    Place To Work 2022

    <strong>Ranking empresas que mais crescem no Brasil </strong><br /> - Ranking EXAME 2023

    Ranking empresas que mais crescem no Brasil
    - Ranking EXAME 2023

    Parceiros

    Plataforma de serviços de computação em nuvem oferecida pela Amazon.

    Plataforma de serviços de computação em nuvem oferecida pela Amazon.

    Plataforma SaaS de comércio digital, marketplace e OMS.

    Plataforma SaaS de comércio digital, marketplace e OMS.

    Empresa de software que oferece uma plataforma de CRM integrada.

    Empresa de software que oferece uma plataforma de CRM integrada.